A Porção da Semana

O legado do Ha´Sem ( do hebraico O Nome, expressão para se referir ao Eterno ) é a Torah (Palavra ou Lei em hebraico ), o Pentateuco, ou a revelação do Eterno através de Moshe (Moises).













 

 

210918 Haazinu – ouçam - gmar chatima tovah – uma boa inscrição no livro da vida – feliz 5782

A Parasha da semana, leitura semanal da Torah, Pentateuco, que Ado_nai nosso Elo_him nos deu (Senhor nosso D’us)

 

gmar chatima tovah – uma boa inscrição no livro da vida – feliz 5782

 

 

18 Setembro 2021 <==> 12 Tishri 5782

     info.: https://sites.google.com/site/parashadasemana/vocabulario

 

Haazinu: Devarim, Deuteronômio 32.1-52.

Shmuel alef, 1Samuel 22.1-51.

 

*Porque o meu povo é gente falta de conselhos, e neles não há entendimento. Tomara fossem eles sábios! Então, entenderiam isto e atentariam para o seu fim.  Como poderia um só perseguir mil, e dois fazerem fugir dez mil, se a sua Rocha lhos não vendera, e o ETERNO lhos não entregara? Porque a rocha deles não é como a nossa Rocha; e os próprios inimigos o atestam*, Devarim 32.28-31

-=-=

 

O ETERNO tem paciência com cada um de nós, e aponta nossa falha chamando-nos de ‘’sem entendimento’’. A razão é simples, vemos com os olhos, sem enxergar as coisas que estão à nossa frente, veja Devarim 32.21, *A zelos me provocaram com aquilo que não é Elo_him; com seus ídolos me provocaram à ira; portanto, eu os provocarei a zelos com aquele que não é povo; com louca nação os despertarei à ira* Sua presença em tudo é inegável.

Por não querermos ver Suas obras, o ETERNO buscou outro povo para abençoar, na tentativa de nos acordar para a realidade. Perdemos Suas bençãos por desobediência, e as entregou a outro povo que Lhe obedeceu ouvindo, e ficaram com nossas bençãos! Perdemos a chance de depender de nossa Rocha para defender-nos, O injuriamos!

Ao ter agido deslealmente com o ETERNO, fomos maldosos por desobediência, e nos diz: *A mim me pertence a vingança, a retribuição, a seu tempo, quando resvalar o seu pé; porque o dia da sua calamidade está próximo, e o seu destino se apressa em chegar. Porque o ETERNO fará justiça ao seu povo e se compadecerá dos seus servos, quando vir que o seu poder se foi, e já não há nem escravo nem livre. Então, dirá: Onde estão os seus deuses? E a rocha em quem confiavam?* Devarim 32 35-37, confiamos em quem não era o que aparentava ser, não foi capaz de nos ajudar a sair do resultado, consequência, da desobediência.

Segundo a Torah nos instrui, por não termos feito a purificação de nossos pecados somos merecedores de morte espiritual, nossos pecados nos atrapalham. Os holocaustos ordenados na Torah não podem ser invocados por não haver kohen ha’Gadol, Supremo Sacerdote, nem o local para fazê-los. Já o jejum de Yom Kippur – dia das expiações – não é garantia do livramento das consequências do pecado, basta ler a Torah em Vaykra, Levítico 16.32-34 para ver que isso não pode ser cumprido em nossos dias *Quem for ungido e consagrado para oficiar como kohen, sacerdote, no lugar de seu pai fará a expiação, havendo posto as vestes de linho, as vestes santas; fará expiação pelo santuário, pela tenda da congregação e pelo altar; também a fará pelos kohanim e por todo o povo da congregação. Isto vos será por estatuto perpétuo, para fazer expiação uma vez por ano pelos filhos de Israel, por causa dos seus pecados. E fez Arão como o ETERNO ordenara a Moisés*, em função disto precisamos de Meshiach para fazer a expiação por nós, considere que não há mais o livro das genealogias para saber quem é o kohen filho de Arão, nem lugar para fazer isto, já não há mais o Templo. Sabemos que o Elo_him não muda, e a Torah diz ser isto um estatuto perpetuo. Sabemos ainda que Elo_him é de amor e não nos deixaria com as consequências do pecado, se pudermos nos arrepender dele.

Neste cenário de busca por Meshiach para resolver nossa situação de pecadores precisamos:

  • Arrependimento, nas palavras do rei Salomão: *se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra*, Divrei haYamim bet, 2 Crônicas 7:14
  • Buscar ao ETERNO como diz o profeta: *buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração*, Yirmiyahu, Jeremias 29:13

As consequências de não ser limpo do pecado? É o Elo_him que diz: *Vede, agora, que Eu Sou, Eu somente, e mais nenhum deus além de mim; eu mato e eu faço viver; eu firo e eu saro; e não há quem possa livrar alguém da minha mão. Levanto a mão aos céus e afirmo por minha vida eterna: se eu afiar a minha espada reluzente, e a minha mão exercitar o juízo, tomarei vingança contra os meus adversários e retribuirei aos que me odeiam*, Devarim 32.39-41, consequências doloridas e tristes que nos afastam da presença do ETERNO, nosso Elo_him.

Espero que durante este Yom Kippur tenhas um bom tempo de reflexão para entender como voltar a te aproximar de teu Elo_him! E por ação do Chessed, Misericórdia, de Meshiach possas ser limpo de teus pecados.



shabbat shalom


<><  ><>      <><  ><>      <><   ><>      <><  ><>      <><   ><>      <><  ><>      <><  ><>     <>< 



 
Agradecimentos: Samy - [email protected] 






.