Escritor diz que líder muçulmano Yasser Arafat se converteu ao Evangelho antes de sua morte

13 NOV 2014
13 de Novembro de 2014

Yasser Arafat, ex líder palestino, pode ter se tornado um cristão antes de sua morte há 10 anos. A afirmação partiu do escritor evangélico Robert Tillman Kendall, amigo pessoal de Arafat.

RT Kendall, como é conhecido, disse que ele orou com Arafat várias vezes, e em algumas vezes, ungiu o político palestino.

Em entrevista à revista britânica Premier Christianity, Kendall disse que Arafat chorou quando assistiu o filme “A Paixão de Cristo”, de Mel Gibson, e o havia questionado sobre como se tornar um cristão.

Kendall afirmou que não pode garantir que Arafat foi salvo, mas acredita que ele se tornou um seguidor de Jesus: “Não me surpreenderia se o encontrasse no céu”, disse ele. “Vou lhe dizer por quê: eu orei com ele cinco vezes, ungido-o com óleo, fiz uma oração de salvação”, revelou o escritor.


Voltar